Por iniciativa de um conjunto de cidadãos da Curia, ou ela ligados familiarmente ou afetivamente, foi criada uma associação que, tem como objetivo promover e apoiar a modernização, o progresso e o desenvolvimento económico, social e cultural da Curia e a elevação da qualidade de vida dos seus habitantes, designada por – Curia Associação

Entenderam os seus fundadores que através da sua ação, poderiam contrariar o apagamento do elevado património histórico da Curia e de todos aqueles que contribuíram para que esta fosse considerada a Rainha das Termas de Portugal.

Conscientes que o objetivo proposto só será conseguido, através da motivação e participação dos residentes e amigos da Curia (entenda-se por Curia o conjunto das povoações: Mata, Espinhal e Tamengos), considera-se primordial aglutinarem-se vontades e desejos em torno da Curia Associação, por forma a credibilizar a sua ação e razão e ser da sua existência.

É consensual que não podemos viver à sombra do passado, mas é através do conhecimento do passado que nos permitirá construir o futuro com base em valores e tradições que constituem a identidade de uma povoação. A Curia tem tudo para se afirmar e lutar pelo seu espaço, sem que isso implique o prejuízo de qualquer outra povoação contígua ou desrespeito pela sua história.

Embora a Curia Associação ainda não disponha de uma estrutura física que represente a sua Sede, essencial para a prossecução dos seus objetivos, esperamos uma decisão ao pedido efetuado às Entidades Competentes muito em breve. Considerando o exposto é proposto à discussão pelos membros fundadores o seguinte Plano de Ação para o próximo triénio, chamando a atenção que à Curia Associação não se espera que se substitua aos poderes institucionais com competências para fazer, mas espera-se sim, que intervenha no sentido de sensibilizar estes poderes para a satisfação das necessidades e expectativas das pessoas, disponibilizando-se para participar em todas as iniciativas que vão de encontro aos propósitos desta Associação.

Áreas de intervenção:

Comunidade

Promover o exercício da cidadania, através da operacionalização de um plano de atividades que vá ao encontro do desenvolvimento de uma maior sensibilidade social, cultural e ambiental;

Promover a participação da comunidade, nas Assembleias Municipais e de Freguesia;

Participar em ações do Poder Local cujo objetivo seja o de proporcionar melhor qualidade de vida aos cidadãos e aos seus turistas e visitantes;

 Promover a transformação da Rainha das Termas de Portugal em Rainha da Arte de Bem Receber e Acolher;

Sensibilizar para o cuidado a ter com a imagem do “coração” da Curia e expandir o conceito para as povoações limítrofes;

Incrementar o protocolo de colaboração celebrado com a Associação Slow Movement, promovendo estilos de vida saudáveis;

 

 História local

Divulgação, promoção e preservação da história local.

Promover a realização de um espaço de reflexão.

Participar em iniciativas que visem defender e proteger o Parque das Termas da Curia como espaço de interesse público a preservar;

Promover a divulgação da marca Curia enquanto destino, nacional, ibérico e europeu, de saúde e bem-estar;

 

Comunicação

Disponibilização de uma informação completa, precisa, compreensível e atempada sobre os impactes de atividades, produtos e serviços da associação, incluindo a sua previsão de evolução.

Sensibilização da sociedade civil para os princípios da responsabilidade social.

Incentivo à participação de colaboradores e restantes partes interessadas nas atividades de responsabilidade social.

 

Ambiente e energia

Promover a cidadania ambiental, incentivando a participação pública e o envolvimento dos cidadãos através de ações de sensibilização, formação e educação para temas como a limpeza e preservação dos terrenos próprios, o consumo e reutilização da água, a importância da separação e recolha seletiva dos resíduos, assim como para o consumo sustentável e responsável – Incrementar o protocolo de colaboração com a Zero, envolvendo o Poder Local.

Sensibilizar o poder local, para a requalificação dos espaços públicos da Curia, para a criação de áreas verdes mais atrativas e mais sustentáveis sob o ponto de vista ambiental, e reduzindo as necessidades de consumo de água e a sua manutenção.

Sensibilizar e apoiar o poder local para intervir na despoluição do Rio Cértima, assim como na requalificação dos espaços envolventes.

Promover e sensibilizar para a mobilidade em modos suaves “Slow Movement”, apoiando a criação de rede de ciclovias e aprofundando a divulgação e incremento do uso de bicicletas, bem como do da instalação de Postos de Abastecimento de Veículos Elétricos.

Promover compras sustentáveis.

Divulgação de tecnologias e serviços “amigos do ambiente”.

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien